O INSTITUTO

Localizada no Estado de Goiás, na cidade de Alto Paraíso, às margens do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, o Instituto Oca Brasil é uma instituição de caráter associativo aberto, sem fins lucrativos, direcionada à Conservação Ambiental e a Ecologia Humana priorizando ações nas áreas da Saúde, da Educação e do Meio Ambiente. Suas atividades consolidadas como instituição em 1997, são amplamente conhecidas junto à comunidade local sendo que através do projeto Lei nº 594/99, aprovado pela Câmara foi declarada de Utilidade Pública Municipal. Em abril de 2006 foi qualificada, pelo Ministério da Justiça, como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP. 

A sede principal do Instituto Oca Brasil em Alto Paraíso está situada na zona urbana da cidade, em terreno de 10 ha, onde hoje já estão prontas diversas construções e outras que estão em fase de acabamento.
 

COMPOSIÇÃO ADMINISTRATIVA

INSTITUTO OCA BRASIL

DIRETORIA

Diretor Presidente - Paulo Klinkert Maluhy
Diretora Administrativa - Audrey Donizeti Ditomaso
Coordenadora Programa Quintais Verdes - Andreza Girardi

Assessora da Diretoria - Andreza Girardi

Gerente Administrativa - Helena Coelho


CONSELHO CONSULTIVO


Paulo Nogueira-Neto (in memoriam)
Mari de Nasaré Baiocchi
Jean Levy
Alberto Marsicano (in memoriam)
Domingos Mãhörö’e’õ
Elder Lunardi


CONSELHO FISCAL

Conselheira Titular Maria Lucia Abdalla
Conselheiro Titular Diogo Rogério Xavier da Silveira Talocchi
Conselheira Suplente Andreza Girardi

CONSELHO CONSULTIVO


Paulo Nogueira-Neto
Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais – USP
Bacharel em História Natural – USP
Professor Titular de Ecologia – USP
Fundador do Departamento de Ecologia Geral – USP
12 anos Secretário Especial do Meio Ambiente (SEMA) – Governo Federal
2 anos Secretário do Meio Ambiente do Distrito Federal
Recebeu a Ordem do Rio Branco
Prêmio Paul Getty, na Área da Preservação Natural
Prêmio Duke Of Edinburg outorgado pela WWF Internacional
Comenda da Arca Dourada – Países Baixos
Membro do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente)
Conselho do Meio Ambiente - Cades da PMSP
Presidente do Conselho de Administração da CETESB
Vice-Presidente da SOS Mata Atlântica
Presidente Emérito da WWF do Brasil
Membro do Board World Resources Institute
Vice-Presidente do Internacional Bee Research Association
Membro do Advisory Group do PP-G7 (Assessor do Banco Mundial e do Governo Brasileiro)
Vice-Presidente do programa O HOMEM E A BIOSFERA (MAB) da UNESCO, com sede em
Paris
Medalha de Comendador – Ordem do Mérito, instituída por decreto da Presidência da
Republica do Brasil – Setembro 2006


​Mari de Nasaré Baiocchi
Doutora em Ciências Humanas. Áreas de Concentração: Antropologia Social – Universidade de São Paulo/USP.
Educadora, Pesquisadora, Antropóloga – Universidade Federal de Goiás
Fundadora e Diretora do Instituto de Antropologia da Universidade Católica de Goiás.
Coordenadora Geral de Estudos e Pesquisa – CGP – FUNAI – Ministério da Justiça.
Trabalhos Científicos Publicados:
1972 Inventário Arqueológico do Estado de Goiás – Goiânia, Editora Oriente.
1973 Terra Ronca – Artigo Publicado – Revista da Universidade Católica de Goiás, Goiânia.
1983 Negros do Cedro – Editora Ática - SP
1993 Kalunga – Quilombo Remanescente no Estado de Goiás – Marseille – França. Institut Mediterranéen de Recherche et de Création – IMEREC.
1999 Kalunga – Povo da Terra – Ministério da Justiça/UNESCO/Secretária de Direitos Humanos. Participação em Congressos, Conferências e Palestras:
1982 PUC/RJ – Formação Histórica de Goiás. “O Negro e o Índio”. Pontifícia Universidade Católica. Rio de Janeiro – RJ.
1983 UNESCO/UFMA/MINC – II Conferência Mundial da Tradição dos Orixás e Cultura. “A Influência Negra na Cultura Goiana”. Salvador – BA, 17 a 23 de julho de 1983.
1987 Líbia/AF – A Terra é Azul. II Simpósio Mundial. Coordenadora da Mesa Redonda sobre Mulher e Humanidade. Trípoli/Líbia.
1994 II Congresso Internacional de Culturas Afro-Americanas. Bahia – Brasil: Conferência “Literatura Oral em Quilombo Remanescente, Kalunga e Barreirinho”. Agosto. Láureas e Votos de Louvor:
1983 UNESCO – Prêmio Destaque e Citação de Relevância de Obra para Compreensão das Relações de Raças nos Países em Desenvolvimento. Ineditismo e Originalidade de Obra. Outorga do Comitê Executivo do Conselho de Ciências Sociais da UNESCO. Paris/França.
1996 UCG – Placa de Ouro Pioneira em Pesquisa na UCG. 25 anos do Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia – IGPA. Universidade Católica de Goiás. Dezembro de 1996.
1999 Medalha Mérito do Magistério Dr. Paulo Torminm Borges, Universidade Federal de Goiás.
2000 Comenda Berenice Artiaga, Assembléia Legislativa do Estado de Goiás.
2001 Environmemtal Award – 2001 Condé Nast Treveler Magazines’s Award.
2001 WWF Awards for Conservation Merit 2001, WWF.
2007 Gonfalone D’oro – Prêmio oferecido pelo Conselho Regional da Toscana à aqueles, oriundos daquela região, que se destacaram por suas atividades fora da Toscana.

​​
Jean Levy
Desde 2005 – Assessor da Presidência da Louis Dreyfus S.A.S. sediada em Paris.
Desde Novembro de 2003 – Ministério das Relações Exteriores – Paris – Embaixador Itinerante encarregado pela candidatura de Paris para sediar os Jogos Olímpicos de 2012.
Setembro de 2000 à Outubro de 2003 – Embaixador da França em Cuba
Junho de 1995 à Setembro de 2000 – Consul Geral da França em São Paulo
Novembro 1990 à maio 1995 – Conselheiro diplomático adjunto do Presidente da República FRANÇOIS MITERRANT
Maio 1988 à Novembro 1990 – Ministério das Relações Exteriores: Conselho Técnico e encarregado das missões junto ao Ministro Delegado das Relações Internacionais.
1987 à 1988 – Ministério das Relações Exteriores - sub-diretor da Direção das Nações Unidas e das Organizações Internacionais (Direção de Assuntos Políticos).
1984 à 1987 – Ministério da Educação Nacional: Chefe do gabinete do desenvolvimento do ensino francês no estrangeiro, (Direção da cooperação e das relações internacionais)
1981 – 1983 – Escola Nacional de Administração
1976 à 1980 – Adido principal da administração central no Ministério da Economia e Finanças.

​​
Alberto Marsicano (in memoriam)

Bacharel em Filosofia – Universidade de São Paulo.
Discípulo do citarista indiano Ravi Shankar – Kinnara School of Indian Art em Londres.
Bolsa de Iniciação Científica com o projeto: A Cosmologia de Heráclito e a Obra de Guimarães Rosa – FAPESP. Membro da ABI – Associação Brasileira de Imprensa desde 1990. Línguas Estrangeiras: Inglês, Espanhol, Alemão, Hindi, além de leitura em Francês, Italiano, Greco Clássico, Sânscrito, Japonês e Coreano.
Diversos livros publicados como, por exemplo: 1979 “IDIOMALABARISMOS”, com prefácio de Haroldo de Campos. 1988 “HAIKAI”, tradução de poesia clássica japonesa. 1994 “SIJÔ
POESIACANTO COREANO CLÁSSICA”. 1997 “TRILHA ESTREITA AO CONFIM” de Matsuo Basho – tradução.

Principais Atividades Musicais:

1981 MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO (MASP) - Três recitais onde foram apresentadas ragas indianas e a transcrição da peça brasileira “Asa Branca” para sitar.

TEATRO CULTURA ARTÍSTICA - Apresentação de ragas indianas e transcrição para sitar de um tema de “Scheherazade”de Rimsky Korsakoff. BLOOM’S DAY Evento produzido pelo Consulado Geral da Irlanda em comemoração à James Joyce. Apresentação de textos deste escritor por Haroldo de Campos, Augusto de Campos, Gerald Thomas, Guilia Gam e Bete Coelho ao som do sitar.
1991 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Auditório do Departamento de Física - Recital e palestra “Física Contemporânea e Música Clássica Indiana” promovidos pela Coordenadoria de Eventos da USP. A apresentação percorreu também os demais campus da USP: São Carlos, Ribeirão Preto e Pirassununga.
1999 TEATRO NACIONAL DE BRASILIA – Sala Martins Pena. Recital de Citara – Raga do Cerrado, promovido pela Oca Brasil.
2000 SALA SÃO PAULO Complexo Cultural Julio Prestes – Recital de Citara – Raga do Cerrado, promovido pela Oca Brasil.

Gravações:
1992 CD “ISTO NÃO É UM LIVRO DE VIAGEM” gravado com o poeta Haroldo de Campos. Produzido pela Editora/Gravadora 34 Letras.
1993 “BLAKE & SITAR” Gravação Digital produzida pelo WILLIAM BLAKE SOCIETY da Inglaterra, com leituras deste poeta interpretadas por John Milton.
1995 CD e fita “BENARES” Gravadora Alquimia. CD e fita “Impressionismos” Gravadora Alquimia.
1999 CD Raga do Cerrado – MCD Records World Music
2006 CD SITAR HENDRIX – Indicado para o Prêmio Grammy – Categoria World Music

​

Domingos Mãhörö’e’õ

Cacique da Aldeia Xavante Dom Bosco – MT.
Presidente da Associação Comunitária dos Índios Moradores da Aldeia Dom Bosco – ACOIMA – DB. MT.
Presidente do Conselho Local de Saúde da Terra Indígena de Sangradouro – MT.
Administrador Regional da FUNAI – Terra Indígena de Sangradouro – MT. Viagens Intercâmbio Cultural Internacional
1989/1990 Suíça – Genebra – A convite da Organização Internacional de Trabalho (OIT) e a Itália para conferência em Livorno e no Museu Pigocini em Roma.
1996 Roma – A convite da Universidade de Roma para ministrar palestras e visitar a cidade de Reggio Emília.
1999 Cuba/Havana – Convite dos índios cubanos para a conferência indígena em Havana.
2000 Viagem aos Estados Unidos à convite da UNESCO – para receber o Prêmio Sonhadores do Milênio. Viagens Intercâmbio Cultural Nacional
1996/2001 – Convite da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. Projeto de Intercâmbio Cultural Xavante. Visitas para 90 municípios do interior de São Paulo.
1999 – Memorial da América Latina – Palestra para 2000 pessoas da Secretaria Municipal de Cultura do Estado de São Paulo.
1989/2002 – Convite da cidade de Petrópolis – RJ. Projeto – Questão Indígena na Sala de Aula.
2001/2002 – Três Rios – RJ – Projeto – Questão Indígena na Sala de Aula. A convite da Secretaria Municipal de Cultural.
2002 – Paraíba do Sul – RJ e Levi Gasparin – RJ – Projeto – “Questão Indígena na Sala de Aula.”

​​
Elder Lunardi
Bacharel em Direito pela Universidade Católica de Goiás.
Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Católica de Goiás.
Doutorando na área de Direito Público- Universidade de Burgos – Espanha.
Mestre em Direito Agrário pela Universidade Federal de Goiás.
Especialista em Direito Agrário, Administrativo, Constitucional, Planejamento Ambiental e
em Filosofia Dialética e Social.
Professor da Universidade Federal de Goiás e da Universidade Universo de Goiânia.
Realizou pesquisas de estudo nas Universidades Lê Sorbone – França, Coimbra – Portugal e
Burgos – Espanha.

 

​© 2014 by Instituto Oca Brasil 

  All rights reserved.

​Caixa Postal 32 Alto Paraíso de Goiás - GO CEP: 73770-00

Contato 55 62 3446-1166 / 55 11 3814-3366 instituto@ocabrasil.org